Bem-vindos. Neste blogue, têm lugar textos da autoria de membros da comunidade educativa da Escola Secundária de Vilela e apontamentos diversos sobre livros e literatura.

01
Jun 11

 

Às vezes, a vontade de escrever parece mais forte do que a possibilidade de o fazer, ou porque as palavras se escapam, ou porque os temas se diluem. A persistência, em todo o caso, é fundamental, como muito bem nos lembra o poema da Deolinda Matos, do 10.º D, que reflecte precisamente sobre o processo de construção literária. Leiam e pratiquem.  

 

Queria escrever um poema!  

 

Ando à procura de temas,

vejo e  revejo,

mas não tenho ideias;

dou voltas ao corpo,

talvez encontre algo

cativante em mim

e tenha imaginação,

mas ela não surge!  

 

Por acaso, dou por mim

a escrever um poema,

um poema sem sentido,

um poema sem rumo,

um poema que está a ser vivido,

para poder demonstrar

o que eu queria escrever num poema!  

 

E, sem saber o que rabiscar

num poema,

diante de mim estava a escrever…

Um poema!  

 

[Em cima: Young Girl Writing at Her Desk with Birds, de Henriette Browne.]

publicado por escoladeescritores às 10:55

Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO