Bem-vindos. Neste blogue, têm lugar textos da autoria de membros da comunidade educativa da Escola Secundária de Vilela e apontamentos diversos sobre livros e literatura.

11
Nov 10

 

A primeira recriação da sátira medieval que publicamos nesta nova sequência é da autoria da Cristina Barroso e apresenta um trovador que, perante a vontade apresentada por algumas mulheres de serem louvadas na poesia, opta antes por insultá­‑las, chamando­‑lhes onzeneiras, ou seja, aquelas que geram intrigas ou lançam mexericos. Divirtam­‑se com esta leitura.

 

Às senhoras peço perdon

Se nunca vos antes loei,

Não o fiz por má razon

Mas agora vos direi:

        Suas gran onzeneiras!

 

Agora que me pedistes

Só falo até ao fim,

Non vale a pena ficardes tristes

Nem armar um chinfrim:

        Suas gran onzeneiras!

 

Sois um bando de sandias,

Disto soo certon,

Andais mui mal vestidas,

Aqui vedes a loaçon:

        Suas gran onzeneiras!

 

Espero que tenhais gostado

Deste meu gran lour,

Ficava melhor cantado

Mas não tenho voz de cantor:

        Suas gran onzeneiras!

publicado por escoladeescritores às 12:52

Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
15
16
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO