Bem-vindos. Neste blogue, têm lugar textos da autoria de membros da comunidade educativa da Escola Secundária de Vilela e apontamentos diversos sobre livros e literatura.

13
Nov 12

 

De acordo com o que anunciámos na última entrada, publicamos hoje um poema satírico da Diana Sofia F. C. da Silva, do 10.º D. Trata-se de um texto elaborado nas aulas de Literatura Portuguesa, em que a segunda parte de cada estrofe desmente o aparente elogio traçado na primeira parte. Esperemos que gostem.

 

A uma Bela Dama

 

Roncam os porcos na corte,

cantam os pássaros nos beirais.

Só tu, meu amor, tens má sorte

de nem te ouvirem os pardais!

 

Mas não há quem no mundo

assista a tanta beleza,

a mãe e os irmão fugiram

e o pai matou-se, de certeza!

 

Comparada a ti, minha rainha,

a Mona Lisa não tem valor.

No Hallowen fogem da tua campainha,

até ao longe se sente o teu odor.

 

Em Dezembro apareces

toda no teu esplendor!

Um presente mereces:

perfume para atenuar o fedor.

publicado por escoladeescritores às 16:39

06
Nov 12

 

A 10 de Dezembro de 2010, escrevemos que encerrávamos por então o ciclo dedicado à revisitação da poesia medieval; retomamo-lo hoje, com a publicação de uma cantiga de escárnio de Martim Soares, ridicularizando as supostas qualidades de um jogral. Com este texto, antecipamos a edição de poemas satíricos de alunos do 10.º D, elaborados no âmbito da disciplina de Literatura Portuguesa.

 

Foi um dia Lopo jograr

a cas d’un infançom cantar

e mandou-lh’ele por dom dar

tres couces na garganta;

e foi-lh’escass’a meu cuidar,

            segundo com’el canta.

 

Escasso foi o infançom

em seus couces partir entom,

ca nom deu a Lop[o] entom

mais de tres na garganta;

e mais merece o jograrom,

            segundo com’el canta.

publicado por escoladeescritores às 17:55

Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

2 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO